Descrição do Blog.

"Sem Liberdade Não Há Informação"

O objetivo deste Blog é tão somente para contribuir com o acesso a informação. Não se tratando de um instrumento de divulgação de ideais políticos ou de ferramenta para denegrir imagem alheia. Contamos sempre com o acesso de pessoas que compartilhem com esta premissa.

28 de outubro de 2013

Polícia recupera equipamentos roubados da estação de transmissão da TV Liberal em Gurupá

O local onde ficam instalados os equipamentos de transmissão da TV Liberal e TV Cultura, em Gurupá, foi arrombado na madrugada deste domingo, 27. Ao perceber que o sinal da TV Liberal havia saído do ar, o técnico responsável dirigiu-se até o local onde ficam os transmissores, logo então, deparou - se com os cadeados arrombados. Ao inspecionar o ambiente, o funcionário detectou a ausência de alguns equipamentos como: Receptor digital via satélite, controles remotos e um aparelho de TV. Depois da constatação, o técnico da estação rapidamente comunicou a polícia, que em passo acelerado iniciou um trabalho de investigação. Após o levantamento de alguns nomes de suspeitos, as equipes da Polícia Civil e Militar empreenderam diligência até as residências dos elementos. Ao interrogarem Edilson Marques Batista, vulgo Didi (25 anos de idade), o mesmo deu conta da localização dos produtos roubados. Por consequente, também foram identificados os demais envolvidos na ação criminosa, são eles: Madson dos Santos de Moraes “Hélio” (20 anos), o menor das iniciais M.S. P. “Thuk” (17 anos) e Adriano Vieira Pantoja “Pingo”, que segundo a polícia, são reincidentes. Os acusados foram autuados em flagrante, pelo crime de roubo qualificado, uma vez que o bem jurídico servia a ordem pública, informou o delegado Marco Antônio Pitman Machado. Em seguida, os equipamentos foram entregues ao funcionário da Funtelpa, que logo providenciou o restabelecer do sinal da repetidora de TV.

(Por: Dailton Palheta/Rede de Notícias SBC Brasil)

25 de outubro de 2013

Polícia prende Max Campos, presidente do PSDB de Gurupá

Na manhã desta quinta-feira, 24, em cumprimento a uma ordem judicial, expedida pelo Juiz Aidison Campos de Sousa, titular da Comarca de Gurupá, as Polícias Civil e Militar efetuaram a prisão do ex- vereador de Gurupá, presidente do Diretório municipal de PSDB, e ex - candidato a prefeito nas últimas eleições, Max Campos Alves. Segundo o delegado Marco Antonio Pitman Machado, o acusado responde há vários processos por receptação de veículos roubados, uso de documento falso, formação de bando ou quadrilha, e recentemente foi condenado por estelionato, em 5 processos. Ainda de acordo com a Polícia, a pesar das últimas condenações, Max continuava atuando no o mesmo sistema de venda de carros irregulares, veículos estes, na maioria oriundos do estado do Amapá. Na residência do ex – vereador, também foram encontrados vários documentos de veículos, recibos de compra e venda, chaves de automóveis, além da quantia de R$ 9.100,00 (nove mil e cem reais), em espécie. O material apreendido será encaminhado para perícia, e posteriormente entregue ao Juiz, para que o mesmo os analise. Após ser ouvido pelo delegado Pitman, Max foi levado de avião até um centro prisional localizado na região metropolitana de Belém, onde aguardará a decisão da justiça, quanto à manutenção ou não de sua prisão.

(Por: Dailton Palheta/Rede SBC Brasil)





16 de outubro de 2013

Empresa de energia promete resolver problema de racionamento o mais breve

Operando desde dia 21 de março de 1999, a usina termoelétrica da Guascor Ltda. vem prestando serviço de fornecimento de energia elétrica para Gurupá e para maioria das cidades do Brasil. Nos últimos dias a referida geradora juntamente com a Rede Celpa, que é a responsável pela distribuição e manutenção da rede elétrica, vem colocando em prática um sistema de racionamento de energia revezado entre os setores da cidade, com intervalos de 4 à 6h de interrupção. Segundo Ari José Barros Pantoja, chefe da usina, a aplicação do sistema se fez necessário devido problemas mecânicos em duas das máquinas da estação. “No momento estamos operando com 3 motores, 1 de grande porte e dois de médio, sendo que estamos aguardado a chegada de mais 1 motor, que embarca hoje da cidade de Porto de Moz, que certamente irá ajudar a solucionar o problema” enfatizou Ari. Disse ainda, que não é comum que ocorra esse tipo de problema na usina, que a empresa pertence a uma multinacional com sede nos estados Unidos, com estações geradoras de energia espalhadas por diversos países, como: Japão, Argentina, Cuba e outros, Concluiu. A oscilação no fornecimento tem causado alguns prejuízos à população, como danos em eletrodomésticos, interrupção no fornecimento de água e outros. Em funcionamento normal, a usina tem a capacidade de gerar 2. 800 KWh, sendo que o consumo em média da cidade de Gurupá é de 1.600 KWh, ou seja, quando têm até sobra.

(Por: Dailton Palheta/Rede de Notícias SBC Brasil)



15 de outubro de 2013

Mecanismo de avaliação promove mudanças na educação de Gurupá

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o pequeno município de Gurupá, na região de Marajó, no estado do Pará, alcançou uma população de 30,7 mil habitantes em 2013. Como ocorre em diversas cidades com esse perfil Brasil afora, não havia qualquer instrumento local para diagnosticar e verificar os indicadores educacionais e socioeconômicos. Mas essa realidade começou a ser transformada em 2009, com a implementação da Prova Gurupá.
A experiência se iniciou por meio de reuniões junto às comunidades escolares, abordando a relevância do acompanhamento do processo educacional. A partir daí se estabeleceu o planejamento pedagógico coletivo em toda a rede de ensino. A próxima etapa foi a formalização, por meio de decreto municipal, de um instrumento de avaliação do desempenho em língua portuguesa e matemática dos alunos da rede municipal de ensino fundamental. Nascia a prova Gurupá, que posteriormente foi aprovada pelo Conselho Estadual de Educação do Pará e cujos resultados obtidos já demonstram o sucesso da intervenção pedagógica para a melhoria da qualidade da educação básica na cidade.

Em 2007, o índice de desenvolvimento da educação básica (Ideb) para os anos iniciais em Gurupá era 2,1, abaixo da meta estabelecida pelo Ministério de Educação (2,5). Passados dois anos, em 2009, ano da implantação da Prova Gurupá, o Ideb local já estava acima da meta prevista (2,8), chegando a 3,0. Na última edição do Ideb, em 2011, o aprimoramento foi ainda mais significativo, com um índice de 4,1, ante uma meta de 3,2.

Esses resultados foram também determinantes para a Prova Gurupá ser um dos projetos vencedores do Prêmio Inovação em Gestão Educacional 2011, promovido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) com a finalidade de identificar, conhecer e tornar públicos experimentos bem sucedidos das redes e sistemas de ensino municipais.
(Fonte:Assessoria de Comunicação Social do Inep)

14 de outubro de 2013

Pesquisa: 80% das pessoas com glaucoma procuram tratamento depois de sofrer danos irreversíveis

Pesquisa divulgada pela Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG) aponta que 80% das pessoas que têm glaucoma só buscaram o oftalmologista depois de perceber alterações como perda de visão, olhos vermelhos, desconforto e embaçamento. Segundo Francisco Eduardo Lima, presidente da SBG, a doença não tem cura e os danos são irreversíveis.

“O que nos preocupa é que a grande maioria das pessoas chega nos consultórios quando já tiveram perdas”, lamentou Lima. De acordo com a SBG, o glaucoma é a maior causa de cegueira irreversível no mundo. No Brasil, há um milhão de pessoas com a doença. Se tratado adequadamente o paciente vai ter a doença estabilizada, evitando a evolução para a cegueira.

O levantamento foi feito com 100 portadores de glaucoma de três hospitais escola em São Paulo – Santa Casa, Unifesp e Unicamp. A pesquisa revela que a maioria dos indivíduos chega ao consultório com muita perda do campo visual e alto impacto na qualidade de vida, deixando de desenvolver atividades que antes eram comuns e independentes.

Entre os entrevistados, 69% tiveram a capacidade de leitura significativamente reduzida com o glaucoma, 65% disseram que a adaptação à mudança de ambiente claro para escuro e vice-versa é a maior barreira causada pela doença e para 50% caminhar passou a ser muito difícil.

O glaucoma é uma doença ocular hereditária, degenerativa e progressiva causada principalmente pelo aumento da pressão do olho e que leva à lesão do nervo óptico. Lima alerta que na maioria das vezes a doença chega sem apresentar sintomas, o que pode ocasionar um tratamento tardio para aqueles que não fazem os exames rotineiramente.

A doença, que é mais comum depois dos 40 anos, é irreversível, mas pode ser tratada com colírios, laser e até intervenção cirúrgica. Os negros, os que têm histórico familiar de glaucoma e que aqueles que usam esteroides por longos períodos estão mais propensos a desenvolver a doença. Para o especialista, o ideal é que depois dos 40 todos incluam uma consulta oftalmológica aos exames anuais de rotina.

Lima alerta que a simples aferição da pressão intraocular é inconclusiva para o diagnóstico, uma vez que a pressão não é constante e pode estar baixa na hora do exame. "É necessário fazer também o exame de fundo de olho, pois mostra os sinais que o glaucoma deixa", alertou.

Segundo Francisco Eduardo Lima, há preocupação dos especialistas com as pessoas que não tem problemas de visão, porque não costumam fazer os exames de rotina. “Quem tem miopia costuma ser acompanhado por um médico, que vai indicar o exame adequado. O problema são as pessoas que não têm problemas de vista. Quando chegam aos 40 e apresentam dificuldade na leitura, pensam que a compra de um óculos vai resolver tudo”, alertou.

O oftalmologista explicou que há o glaucoma congênito, detectado no teste do olhinho, outro muito comum após 40 anos e ainda outro que pode ser causado pelo uso de colírios com corticoide. “Muita gente com olhinho vermelho, alergia, vai a uma farmácia e compra colírio de corticoide, que não precisa de receita. O colírio faz a coceira passar, passa também a vermelhidão. As pessoas precisam ficar atentas. O remédio pode mascarar uma doença e pode mesmo causar o glaucoma" ressaltou.

Para alertar a população sobre os cuidados com a visão a partir dos 40 anos de idade a SBG lançou a segunda edição da campanha Cuidado com o glaucoma. Com o mote Veja todos os dias, a campanha faz um alerta geral sobre a importância da visão. Mais detalhes no site Cuidado com o Glaucoma.

Marinha confirma nove mortos em naufrágio no Amapá

Mais uma pessoa foi encontrada morta hoje (13) na orla de Macapá, no Amapá, vítima do naufrágio de uma embarcação que integrou a procissão fluvial do Círio de Nazaré na manhã de sábado (12). Pelo levantamento da Marinha, que coordena os trabalhos de busca e resgate, o número de mortos chegou a nove.

A equipe da Capitania dos Portos permanecerá no local até que todos os indícios de mais vítimas estejam descartados. De acordo com a assessoria da corporação, algumas pessoas continuam procurando por parentes e amigos desaparecidos. Geralmente, esse tipo de trabalho dura três dias.

A embarcação Capitão Reis 1 naufragou por volta das 11h, nas proximidades do Igarapé das Pedrinhas, no Amapá, quando retornava à cidade de Santana, a cerca de 20 quilômetros de Macapá, depois de fazer o percurso da procissão fluvial do Círio de Nazaré.

O barco foi vistoriado pela capitania antes de partir para o evento e foram confirmadas as condições regulares, documentação e número máximo de pessoas a bordo: três tripulantes e 40 passageiros.

Exagero na bebida causou muitas ocorrências

A bebida alcoólica foi uma das principais causas das ocorrências policiais registradas durante o Círio de Nazaré, neste domingo (13). De acordo com o  comandante das operações do Círio, o tenente coronel Romualdo Marinho, da Polícia Militar, furto de aparelhos eletrônicos, roubos, brigas e tumultos foram outras das ocorrências mais comuns.

O uso das 34 câmeras monitoradas pelo Centro Integrado de Operações (Ciop) e instaladas ao longo da procissão ajudaram no registro das ocorrências. “Além das câmeras, o uso de todos os batalhões da cooperação – cavalaria, cães, batalhão ambiental, entre outros – também foram extremamente fundamentais na operação”, enfatizou Marinho.

Ao todo, a operação conta com 6.600 PMs trabalhando ao logo da festividade de Nazaré.(Da redação)

9 de outubro de 2013

Polícias Civil e Militar desmontam quadrilha de “piratas” em Afuá

Uma quadrilha que cometia assaltos na região da Ilha do Marajó foi presa nesta terça-feira (8), no município de Afuá. Segundo as Polícias Civil e Militar, com os quatro suspeitos detidos foram apreendidas duas armas de fogo, munição, pólvora e uma lancha roubada.

O bando de “piratas”, segundo a polícia, começou a ser investigado no último dia 23 de setembro, quando foi registrado na delegacia de Afuá um assalto a uma residência da zona rural do município. De acordo com as informações da polícia, neste assalto foram levados um motor de embarcação, telefones celulares, violões, roupas, mochilas, notebooks e R$ 3,7 mil em dinheiro.

Durante as investigações, coordenadas pelo delegado João Amaral, foi constatado que o mesmo grupo criminoso fez outros “arrastões”, em casas da localidade. “Desde então não se sabia o paradeiro desses bandidos, até que no último dia 28 de setembro, uma senhora informou na delegacia que, perto da localidade de Rio Fábrica, na zona rural de Afuá, havia um grupo de cinco homens dentro de uma embarcação, do tipo catraio, que continha uma lancha a bordo, em atividade suspeita”, disse o delegado.

Depois de conseguir localizar os suspeitos, os policiais conseguiram fazer a abordagem do grupo. Ao revistar a embarcação, que estava encalhada, foram encontrados um revólver calibre 38 com numeração raspada, uma escopeta de fabricação artesanal de calibre 20, quatro munições para calibre 38, dois cartuchos para calibre 20, um frasco de pólvora e 39 espoletas. Uma lancha, que seria roubada, também foi apreendida.

Os criminosos e o todo o material apreendido foram levados para a delegacia de Afuá, onde foi feita a autuação em flagrante.
(Da redação)

Profissionais de saúde do Marajó participam de oficina na Etsus

Ocorre nesta quarta (9) e quinta-feira (10), na Escola Técnica do Sistema Único Manoel Ayres (Etsus), mais uma oficina para implantação das Comissões de Integração Ensino-Serviço (Cies). Desta vez, para profissionais das regiões de saúde Marajó I e Marajó II. Participam do encontro, gestores municipais e estaduais da Saúde, representantes dos trabalhadores e dos movimentos sociais com atuação na área de Saúde, das instituições de ensino superior e técnico, além dos gestores municipais da educação. 

A região de saúde do Marajó foi desmembrada, tornando-se duas regiões de saúde, mas as Comissões Intergestores Regional das duas regiões pactuaram fazer uma única oficina para atendê-las. A metodologia foi adaptada para viabilizar a discussão da política de educação de permanente e a formação das duas comissões de integração ensino-serviço em uma única oficina.

Segundo a coordenadora de Educação na Saúde da Sespa, Sônia Bahia, as oficinas significam um marco na história da saúde no Pará, pois o processo de educação permanente tem se intensificado no Estado. “Estamos renovando nosso compromisso com a saúde no Estado. Tenho certeza que todos sairão daqui, conhecedores, motivados e comprometidos com a política de educação e saúde permanente”, afirmou.

O trabalho está sendo feito em conjunto com a secretaria executiva da Comissão Intergestores Regional (CIR), Centros Regionais de Saúde (CRS), com apoio das secretarias municipais de saúde da região. A coordenação executiva e metodológica da oficina é da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), por meio da Diretoria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Coordenação de Educação na Saúde e Gerência de Educação Permanente, conforme projeto apresentado pela CIES-PA e aprovado pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Comissões Permanentes de Integração Ensino-Serviço (Cies) são instâncias intersetoriais e interinstitucionais permanentes que participam da formulação, condução e desenvolvimento da Política de Educação Permanente em Saúde, devendo acompanhar monitorar e avaliar projetos que visem formação voltada às equipes de saúde e ao trabalho no SUS, a integração entre ensino e serviço e o fortalecimento do controle social e elaboração do Plano Regional de Educação Permanente em Saúde (Pareps) de cada região.
(Da redação)

Vereador de Rio Maria permanece preso por agredir ex-namorada

O vereador de Rio Maria, sul do Pará, Silvestre Oliveira de Sousa (PDT), continua preso, na delegacia de Xinguara, pelo crime de violência doméstica.

Ele foi detido na sexta-feira passada (4), após ser acusado de agredir a ex-namorada, uma adolescente de 17 anos.

Na delegacia de Rio Maria, a vítima denunciou o vereador, que lhe teria agredido com um soco na cara e ainda feito ameaças de morte.

Silvestre já havia sido denunciado, anteriormente, ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público de Rio Maria, por conta do envolvimento com a menor, mas durante a audiência negou as acusações.

Silvestre tem 53 anos e é casado.

(Com informações da Polícia Civil)

7 de outubro de 2013

Precariedade do Cárcere de Gurupá mantém rotina de transferência de presos para a capital.

No último sábado, (5), foram transferidos para centros prisionais de Belém, mais 6 presos oriundos do cárcere da Delegacia de Gurupá. A ação rotineira acontece geralmente uma vez por mês, com os presos sendo transportados em embarcações de empresas privadas, devido à indisponibilidade de veículos adaptados para a realização da tarefa. Dentre os transferidos, estavam três acusados de tráfico de entorpecente, conhecidos por: Moisés, Solano e Ajax, sendo que existe outro acusado de participação no delito, Klarck, que continua preso na carceragem da Depol de Gurupá aguardando vaga em centro de triagem. Segundo a Polícia, os acusados Ajax e Klarck, teriam encomendado a droga através de Moisés, que após o recebimento de um determinado valor em dinheiro, encomendou o produto a um traficante de Belém. Ao tomarem conhecimento do plano de receptação, o serviço de inteligência da Polícia Civil, através do EPC - Volnei, agindo com o aval do Del. Marco Antônio Pitman Machado, dispondo ainda do apoio da guarnição da Polícia Militar, comandada pelo SUB-TEN – PM – Péres, aguardaram o momento ideal para a interceptação da droga e a efetivação do flagrante, fato que veio a ocorrer por volta das 2h da manhã de sexta-feira, (4). No decorrer das oitivas do inquérito policial, os envolvidos confirmaram a participação de Solano, gerente do BM – Amazon Norte, que teria transportado a droga até Gurupá. Durante a revista, os policiais encontraram pouco mais de R$ 3.339,00 de procedência duvidosa, que em seguida foi entregue ao juiz para que desse destino ao mesmo. Na condição de suspeito de associação ao tráfico, está o jovem conhecido por Breno, que de acordo com informações, teria enviado várias mensagens para o celular de Moisés, informando a movimentação dos policiais durante a operação. Após o ocorrido, os advogados de defesa dos acusados encaminharam petições ao Juiz Aidison Campos Sousa, titular da Comarca de Gurupá, a fim de relaxar a prisão dos mesmos, porém, não obtiveram êxito. O Juiz indeferiu os pedidos, optando por transformar a prisão temporária, em prisão preventiva. (Por: Dailton Palheta)

Nota: A matéria policial hora publicada, foi produzida de forma imparcial. Descartando as hipóteses de antipatia e tendenciosidade.  Não podendo escolher a quem citar, ou mostrar. Para o SBC Brasil o trabalho jornalístico independe de classe social, condição econômica, relação familiar, fraternal, racial ou ideologia política. Devemos sim, nos ater somente aos fatos, mediante é claro, à coleta de informações repassadas no geral por fontes legalmente constituídas, sem abrir mão da responsabilidade. Do contrário estaríamos nos distanciando de nosso principal propósito, que é somente contribuir para com o avanço do nível de informação da população do município de Gurupá.

 (SBC - Gurupá).

1 de outubro de 2013

Operação “Vagalume”: Bares fechados, veículos apreendidos e mandados de prisão cumpridos

Nos dias 28 e 29 de setembro, as Polícias Civil e Militar, com a participação do Conselho Tutelar do município de Gurupá, realizaram a operação denominada “Vagalume”, que consistiu na intensificação do combate ao consumo de bebida alcoólica por menores de idade, retirada de circulação de veículos sem condições de trafegabilidade, além do trabalho de policiamento ostensivo. A ação foi pautada principalmente no que determina a Portaria de N° 030/2010, assinada pelo Juiz Aidison Campos Sousa, titular da Comarca de Gurupá. No decorrer das tarefas policiais, 4 menores que estavam em situação de risco, foram custodiados e entregues aos pais ou responsáveis dos mesmos através do Conselho Tutelar. Ainda no transcurso da operação, foi realizada uma ação de abordagem direcionada à alguns elementos que se encontravam e um bar, que fica localizado nos fundos de uma residência do setor Perpétuo Socorro (Brasil Norte). Durante a revista, foram identificados e presos no local: Leandro Silva de Lima, que possuía em seu desfavor um mandado de prisão preventiva decretada, por tentativa de homicídio, e Cleto Rodrigues Pantoja, acusado de ter furtado uma motocicleta. Depois da ação, o proprietário do estabelecimento foi notificado, e informado que a licença seria cassada, por motivo de não apresentar condições aceitáveis de funcionamento. No dia seguinte, por volta das 3h da manhã, os policiais resolveram ir até um balneário conhecido como “Sitio do Tioré”, que segundo denúncias, estaria funcionando de em horário ininterrupto, por tanto, desobedecendo à recomendação judicial. Logo na chegada, a veracidade da informação pôde ser constata. No balneário encontravam-se vários clientes transitando livremente pelo local e alguns consumindo bebida alcoólica. De imediato, o responsável pelo estabelecimento foi notificado a comparecer na delegacia, e informado da cassação da licença de funcionamento, mais uma vez por conta do descumprimento da portaria que regulamenta o funcionamento de bares, danceterias ou similares. Na semana anterior à operação, ao menos 3 estabelecimentos foram fechados por determinação da justiça, devido ter sido constada a presença de menores em suas dependências. Antes do encerramento da operação, 9 motocicletas foram recolhidas para averiguação, sendo que 3 delas já de antemão, apresentaram indícios de ser produto de  furto,  adulteração do chassi e documentação falsa. Segundo o Delegado de Gurupá, Marco Antonio Pitman Machado, as ações de fiscalização serão intensificadas, avisando aqueles que descumprirem a lei, sofrerão as sanções punitivas contidas na mesma. 
(Por: Dailton Palheta/Rede SBC Brasil)

Participaram da operação: Sub-TEN. PM Peres, CB’s PM – Obadias e Leonardo, Conselheiro Tutelares: Reinaldo Rodrigues dos Santos, Cléia Viana e Tânia Lobato, e não menos importantes: O delegado Marco Antonio Pítiman Machado e o escrivão Douglas Volnei.